Espirrar muito: é normal ou pode ser um sinal de alerta?

Como saber se esses espirros são normais ou se podem representar um problema de saúde?

Espirrar muito: é normal ou pode ser um sinal de alerta?

 

O espirro nada mais é que uma forma de defesa do nosso organismo quando agentes externos entram no trato respiratório. Se a poeira, os vírus, as bactérias, os fungos, pelos de animais, a fumaça ou o pólen, por exemplo, irritam o nosso nariz ou a nossa garganta, ocorre esse reflexo involuntário. 

 

Mas como saber se esses espirros são normais ou se podem representar um problema de saúde?

 

A explicação geralmente está associada à quantidade de espirros e circunstâncias ambientais. Por exemplo, se você cheirar uma flor, estiver resfriado ou entrar em um ambiente empoeirado ou com muita fumaça, é normal que espirre.

Agora, se os espirros aparecem com mais frequência, nem sempre fica fácil identificar sua causa, isso pode ser um sinal de que há um quadro alérgico. Espirros em excesso geralmente são sintomas de rinite alérgica.

 

O que é rinite alérgica?

Rinite é a inflamação aguda ou crônica da mucosa nasal. O nariz tem a função de filtrar todas as impurezas, umidificar e aquecer o ar que vai até os pulmões. 

Em pessoas alérgicas, a reação às substâncias carregadas pelo ar é exagerada e seu sistema imunológico reage de maneira intensa. Por isso elas sofrem com o espirro em excesso. Mas esse não é o único sintoma de quem tem rinite alérgica.

 

Outros sintomas além do espirro

Alguns sintomas da rinite alérgica começam a aparecer logo após o contato com o alérgeno. E é importante ressaltar que, em boa parte do Brasil, a poeira doméstica é a principal responsável por quadros de rinite. 

O contato com o pólen – em geral na primavera e início do outono – também é uma das causas e há ainda o fator genético. Filhos de pais com rinite têm boas chances de desenvolver a alergia.

Os sintomas mais comuns das alergias, além dos espirros em excesso, são:

  • Irritação no nariz, boca, olhos, garganta, pele ou quaisquer outras regiões do corpo;
  • Coriza;
  • Lacrimejamento dos olhos.

E há outros sintomas do quadro alérgico que podem aparecer mais tardiamente:

  • Congestão nasal;
  • Dor de garganta;
  • Diminuição da audição e/ou do olfato;
  • Tosse;
  • Dor de cabeça.

Tratamento para os espirros

Manter-se longe de ambientes e situações que desencadeiem reações alérgicas é a principal recomendação para evitar crises de espirros. Inclusive elaboramos 5 dicas que ajudam a prevenir as crises de alergia durante o inverno, período de queda na temperatura e escassez de chuvas.

 

Há ainda um tratamento simples para controlar os espirros: a limpeza das narinas com solução a base de cloreto de sódio 0,9%. Você encontra na farmácia Naridrin Aqua e Naridrin Jet para esta finalidade.

Crie o hábito diariamente de limpar o nariz de 2 até 3 vezes ao dia. Este procedimento não tem contraindicação e pode ser feito em adultos, crianças e bebês. Esse método retira o excesso de impurezas e secreções no nariz, reduzindo a inflamação.

 

Muitas vezes o quadro alérgico vem acompanhado de congestão nasal, neste caso Allexofedrin D pode ser indicado sob orientação médica, uma vez que possui antialérgico (cloridrato de fexofenadina) associado a um descongestionante nasal (cloridrato de pseudoefedrina) que controla os sintomas da rinite alérgica e auxilia no alívio da respiração.

Comentários

Atenção

Você deixará o ambiente do site Allexofedrin®️ e será direcionado para um site parceiro. Os links são apenas uma facilidade oferecida para os consumidores.

A decisão de escolha do estabelecimento é sempre do consumidor. Allexofedrin®️ e o fabricante não se responsabilizam por serviços, ofertas e conteúdo nos sites das redes indicadas abaixo.